MERGULHANDO NO GÉNESIS (2)
. A Primeira Aliança.
Quem lê a oração Eucarística IV, encontra o seguinte: “Repetidas vezes fizestes aliança com os homens e pelos profetas os
formastes na esperança da salvação.” Iremos, ao longo dos nossos encontros, falar no contexto dos livros que estamos a falar,
falar sobre essas alianças, até chegarmos à “Nova e Eterna Aliança”.
Mas, o que é uma Aliança? Antes de mais, a aliança, no sentido mais lato da palavra é um pacto, um acordo entre duas pessoas.
Não podemos falar de aliança sem falarmos de relação. Para que haja uma aliança, tem, necessariamente de haver uma relação.
Também Deus quis fazer pactos com o seu Povo… Também o Eterno quis manifestar o Seu Amor à Humanidade e “desposá-
la”, num primeiro momento.
O episódio ocorre após o dilúvio (Cf.Gn.6,5-8,22).
A seguir, Deus estabelece uma aliança com Noé e com a sua descendência para todo sempre. Quais são os pontos dessa
aliança? Vejamos o texto: “Deus abençoou Noé e seus filhos, e determinou-lhes: “Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a
terra. Sede o medo e o pavor de todos os animais da terra e de todas as aves do céu, como de tudo o que se move na terra e de
todos os peixes do mar: eles são entregues em vossas mãos. Tudo o que se move e possui a vida vos servirá de alimento, tudo
isso Eu vos dou, como vos dei a verdura das plantas. Mas não comereis a carne com sua alma, isto é, o sangue. 5Certamente
pedirei contas do sangue de cada um de vós. Pedirei contas a todos os animais e ao homem; a cada indivíduo requererei contas da
vida do seu próximo. Quem derramar o sangue do ser humano; pelo próprio homem seu sangue será derramado; porquanto à
imagem de Deus foi a humanidade criada. Quanto a vós, sede fecundos, multiplicai-vos, povoai a terra e dominai-a!” Então
declarou Deus a Noé e a seus filhos que estavam com ele: “Eis que estabeleço minha Aliança convosco e com os vossos
descendentes depois de vós, e com todos os seres vivos que estão convosco: aves, animais, todas as feras, todas as criaturas que
saíram da arca convosco, todos os animais da terra. Estabeleço minha Aliança convosco: tudo o que existe nunca mais será
destruído pelas águas do Dilúvio; não haverá mais outro dilúvio para devastar a terra!” E Deus afirmou: “Eis o sinal da Aliança
que instituo entre mim e vós e todos os seres vivos que estão convosco, para todas as gerações futuras: colocarei o meu arco nas
nuvens, e ele se tornará um sinal fulgurante da Aliança entre mim e a terra! Quando Eu reunir as nuvens sobre a terra e o arco
surgir por entre as nuvens, eu me lembrarei da Aliança que há entre mim e vós e todos os seres vivos de toda a carne. E as
águas nunca mais se tornarão um dilúvio para destruir toda forma de vida. Quando o arco estiver na nuvem, Eu o verei e me
lembrarei da Aliança eterna que há entre Deus e os seres vivos de todas as espécies que vivem sobre a face da terra!”.
concluindo, asseverou Deus a Noé: “Este é o sinal da Aliança que estabeleço entre mim e toda a forma de vida que existe sobre a
face da terra!”. (Gn.9,1-17).
Esta Aliança ainda é proposta pelos nossos irmãos Judeus a toda a humanidade. Aqueles que a cumprem são considerados:
םלועה תומוא ידיסח (Chassidey umot ha’olam= Justos entre as Nações). Os Judeus Rabínicos compendiaram em sete leis a que
chamaram: חנ ינב תווצמ עבש (Sheva berachot bnei Noach= as sete leis de Noé) e que consistem nas seguintes:
Não cometer idolatria;
Não blasfemar;
Não assassinar;
Não roubar;
Não cometer imoralidades sexuais;
Não maltratar aos animais (Só é permitido tirar a vida de um animal para se alimentar).;
Estabelecer sistemas e leis de honestidade e justiça.
Vejamos agora os Actos dos Apóstolos: “Os apóstolos e os irmãos presbíteros, aos irmãos dentre os gentios que estão em
Antioquia, na Síria e na Cilícia, saudações. Desde que soubemos que alguns saíram de entre nós, sem nossa permissão, e vos
têm constrangido por meio de suas palavras, confundindo-vos a mente, 25pareceu-nos bem, havendo chegado a um consenso,
selecionar alguns homens e enviá-los com os nossos amados Barnabé e Paulo, 26homens que têm colocado suas vidas em risco
pelo Nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, estamos enviando Judas e Silas para confirmarem com suas palavras o que
vos estamos escrevendo. Porque pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destes preceitos
necessários: Que vos abstenhais de alimentos sacrificados aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da
imoralidade sexual. Fareis muito bem se vos guardardes desses procedimentos, pois desejamos que tudo de bom vos
aconteça”. (15, 23-29). A Igreja primitiva impôs estas leis aos seus seguidores dentre os Gentios. Esta é uma, das Alianças com
Deus.
Perguntas:
1 – Serei eu capaz de fazer uma Aliança com Deus? Se sim, qual?
2 – Cumpro eu ao menos, as sete Leis de Noé?
3 – Que me proponho daqui em diante, como aliança para com Deus?

0:00
0:00